“Maluquinho pelo Mundo”, de Ziraldo: uma prova de que existe menino maluquinho em todo lugar

Se o seu filho já tem idade para usar a internet, então você sabe que ele adooora passar um tempinho online. O Menino Maluquinho, eterno personagem do cartunista Ziraldo, se modernizou e também tem idade para acessar a internet.

É através de um programa de bate-papo que ele conhece outros meninos pelo mundo afora e descobre uma coisa: todos são maluquinhos como ele.

O livro Maluquinho pelo Mundo contém histórias em quadrinhos curtas e megacoloridas, que mostram como é a rotina de James Malukinson, um irlandês que adora tomar chá, ou Rajneesh Malukesh, um indiano que cuida do seu elefante para ganhar umas rúpias com turistas.

maluquinho-pelo-mundo-imagem-interna-quadrinhos-ziraldo-globo

Além dos dois acima, cada um dos personagens maluquinhos abaixo ganhou uma história (os nomes são hilários):

  • Antônio Maluko, da Angola
  • Pibe Piola, da Argentina
  • Maloo, da Austrália
  • Mahlu al Kim, do Egito
  • Nutty Nutty Boy, dos Estados Unidos
  • Petit Fou, da França
  • Giani Maluchino, da Itália
  • Hayato Marukoshi, do Japão
  • Loquito, do México
  • Anton Malukov, da Rússia

Além de relatar um pouco sobre o dia-a-dia das crianças de outros países, os ~malucos pelo mundo~ falam sobre os costumes das pessoas de cada lugar. Claro, de uma maneira lúdica e às vezes até superficial. Mesmo assim, não deixa de ser interessantíssimo para filhos ansiosos em conhecer o planeta inteiro.

capa-livro-maluquinho-pelo-mundo-ziraldo-globo

Maluquinho pelo Mundo
Indicado para crianças com idades a partir de 8 anos
Autor e ilustrador: Ziraldo
Editora: Globinho
Páginas: 112

Compre o livro Maluquinho na Livraria Cultura | Compre o e-book

“O Poeta e o Cavaleiro” é uma crítica social e politizada para crianças

Para seu filho, como seria a melhor cidade do mundo? Para Pedro Bandeira, autor de O Poeta e o Cavaleiro, a cidade de Findomundo é perfeita. Nela, quase todos os habitantes são eleitos para algum cargo.

Em Findomundo, a democracia funciona na sua forma mais completa: o duque pode ser eleito para se tornar porteiro (se ele quiser) e o porteiro pode ser escolhido para o cargo de duque (se ele também quiser).

E o narrador da história, um vendedor de bolhas de sabão metido a espertinho, sempre achou que tinha vocação para este negócio, e não precisou de voto de ninguém para escolher a profissão.

A cidade vivia em harmonia. Até a chegada de um temível dragão à cidade – e, junto com ele, a salvação: o Dom Pendragon de Cantalupo, um caçador de dragões.

o-poeta-e-o-cavaleiro-1

O herói chegou a Findomundo pronto para destruir o dragão e restabelecer a ordem na cidade, mas será que é claro que ele vai pedir algo em troca – algo que vai bagunçar a ordem social da maravilhosa cidade fictícia.

Escrito há mais de 25 anos, O Poeta e o Cavaleiro é um livro gostoso de se ler, e ainda mostra que até mesmo na ficção, as convenções sociais – por melhor que sejam para alguns – vivem se transformando.

o-poeta-e-o-cavaleiro-capa

O Poeta e o Cavaleiro
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Moderna
Páginas: 96
Lançamento: 2006
Ilustrador: Marcos Guilherme

Compre o livro O Poeta e o Cavaleiro na Livraria Cultura | Compre o e-book