Diário de um Banana: por que seus filhos (e você) devem ler essa série de livros

Quem me acompanha desde a época da Recreio sabe que eu sou uma leitora assídua do Diário de um Banana. Pode parecer que estou entrando na onda, seguindo a moda, mas o Diário de um Banana é uma das séries de livros infantis mais legais do momento.

Diferente de personagens sem nome de livros que surgem às dezenas a cada mês e tratam os sentimentos da criança de uma forma rasa, o Diário de um Banana apresenta um personagem que não é perfeito – é, acima de tudo, humano.

diario-de-um-banana-1

Quando a gente cresce, esquece um pouco como funciona o pensamento de uma criança. É por isso que Greg Heffley, o personagem do livro, faz tanto sucesso: ele pensa como uma criança. Ele não é politicamente incorreto, ele não é santo, ele tem alguns sucessos, mas as falhas também estão bem evidentes em sua vida. Enfim, ele sente todo o drama da infância de uma maneira leve, sutil, que só quem sabe como uma criança pensa, entende. E o melhor: é engraçado demais.

Eu, que já estou na fase adulta há pelo menos 10 anos, ainda me identifico com o Greg. Em um dos livros, por exemplo, ele conta que é míope (como eu). E faz uma espécie de tratado sobre como ele se comportaria se vivesse em outra época – como na idade das cavernas – quando os óculos ainda não tinham sido inventados. E não é que eu, como míope, sempre pensei nisso? Viver numa época sem óculos e enxergando o mundo todo sem formas, borrado, deve ser um desafio e tanto.

Pois vamos ao que interessa: a V&R acaba de lançar o 8º livro da série escrita por Jeff Kinney. Em Diário de um Banana: Maré de Azar, Greg escreve em seu diário sobre solidão. Mas não de um jeito chato: depois de ser abandonado pelo seu melhor amigo (que ele sempre desprezou, olha só), Greg fica sozinho na hora do recreio da escola, na hora de ir para casa e na hora de brincar.

Para suprir a falta de companhia, ele se apega à Bola 8 Mágica, um brinquedo que responde a todas as suas perguntas com, basicamente, três respostas: sim, não e talvez. E a vida dele passa a girar em torno das respostas que a Bola dá – você pode até não lembrar, mas com certeza já brincou dessas coisas, mesmo no fundo do inconsciente, e mesmo sem uma Bola 8 Mágica por perto!

diario-de-um-banana-2

diario-de-um-Banana-8-capa

Diário de um Banana 8: Maré de Azar
Indicado para crianças com idade igual ou superior a 9 anos
Autor: Jeff Kinney
Páginas: 224
Editora: V&R

Anúncios

5 comentários sobre “Diário de um Banana: por que seus filhos (e você) devem ler essa série de livros

  1. Patricia Ellen Silva disse:

    Meu filho tem 6 anos e pediu que eu comprasse o livro 1 da série O diário de um banana.
    Fiquei muito em dúvida, ele é muito inocente.
    Ainda acredita em fada do dente, papai noel e coelhinho da páscoa.
    Mas ele me disse que na turma da escola, quase metade dos amigos estão lendo.
    Então comprei, e acompanho a sua leitura.
    Tem algumas coisas que ele me pergunta, responde completamente.

    • ludmillabalduino disse:

      Legal, Patricia! É uma boa tática: acompanhar a leitura do filho. O seu é bem pequenininho mesmo, mas o livro está tão na moda que é difícil fica por fora. Algo que você pode fazer é incentivá-lo a ler outros livros, também, já que ele está iniciado no mundo dos livros. O primeiro passo já foi dado! Boas leituras para vocês 🙂

  2. claudia disse:

    Sou professora de História e amo ler e incentivo minhas filhas a leitura, sou bem eclética na escolha dos temas e leio muito livros para adolescentes para estar por dentro do que minhas filhas leem também. a coleção Diário de um banana comprei a pedido de minha filha de oito anos e ambas lemos os seis primeiros livros e a d o r a m o s. logo vou comprar o sete e o oito. Greg nos encanta pela sua ingenuidade, seus planos mirabolantes e execuções muitas vezes a desejar, uma linguagem fácil e divertida, uma leitura que não cansa e que sempre trás uma boa lição. super recomendo para crianças e adolescentes desde a iniciação na leitura até quando a visão permitir, rsrrs. abraços e livros a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s